Detentos com COVID-19 quebram celas e atacam policiais no Piauí

Eles tentaram fugir do local usando uma foice e uma enxada para quebrar cadeados das celas e liberar 24 internos

Os presos da Unidade de Apoio Prisional (UAP) de Altos, antigo Hospital Penitenciário, tentaram fugir do local usando uma foice e uma enxada para quebrar cadeados das celas para poder liberar outros 24 internos, ou seja, seria uma fuga em massa. Segundo informações que o Portal Douglas Cordeiro obteve, os presos foram identificados como Lucas de Sousa dos Santos e Sérgio Murilo Oliveira. Os dois estavam internados no local com COVID-19. Na unidade estavam apenas três policiais penais.

Os presos conseguiram quebrar o cadeado da cela que estavam e entraram em uma sala onde estavam várias ferramentas. Nesta sala conseguiram uma foice e uma enxada. Depois tentaram liberar os outros detentos que também estão doentes. Em seguida os policiais chegaram para conter a ação dos presos, que partiram pra cima deles. Os policiais tiveram que atirar e Lucas foi atingido no braço com uma bala de borracha, Sérgio não foi atingido.

Os policiais penais conseguiram pedir ajuda. Com o apoio, os detentos foram contidos. Lucas foi encaminhado para o Hospital de Urgência de Teresina (HUT). Os outros presos foram encaminhados para outras celas que não foram danificadas.

Detentos foram contidos